Na busca por um novo tratamento no Lúpus

De vez em quando faço uma busca na internet por novas notícias relacionadas ao lúpus. Hoje encontrei uma sobre o Dr. Tyler Curiel, médico americano, que descobriu uma nova esperança para o tratamento no lúpus em uma minúscula molécula!

Abaixo está a tradução da reportagem que saiu na TV americana ABC 12.

“Mais de 1.5 milhão de americanos tem lúpus – uma doença onde o sistema imunológico ataca tecidos saudáveis. Pode levar a um ataque do coração, derrames e falência renal.

Os médicos tentaram muitas drogas diferentes tentando encontrar a cura. Nos últimos 50 anos, somente uma droga para o lúpus foi aprovada pelo FDA. Neste verão (Junho, julho nos EUA), dois testes de duas importantes drogas falharam.

Existe alguma esperança, e foi encontrada em uma minúscula molécula.

Mary Valdez foi se acostumando aos poucos com o que agora é o seu normal – sua vida com lúpus.

“Eu tenho que me reinventar, porque agora não posso fazer muitas coisas que fazia antes”, disse Mary Valdez.

Agora novas descobertas parecem promissoras para tratamento, e talvez a cura da doença autoimune.  É a descoberta de como uma célula imune chamada “Treg” funciona. Os pesquisadores descobriram que ela é controlada por uma molécula específica conhecida como B7H1.

“Eu percebi que esta molécula tem sido detectada em mulheres em crise do lúpus”, disse o Dr. Tyler Curiel, um oncologista e imunologista do Centro de Terapia e Pesquisa do Câncer no UT Health Science Center, em San Antonio, Texas.

Curiel_tv1

As células “Treg” devem evitar que o sistema imunológico se extenue, que é o que acontece com doenças autoimunes como o lúpus. Se a molécula B7H1 não está funcionando direito, o estrogênio de uma mulher irá “desligar” a “Treg”.

“Então, em algumas mulheres, pode ser que elas não produzam o suficiente, e em outras, parece que elas produzem, mas tem mutações e não funcionam direito”, disse o Dr. Tyler.

Atualmente as medicações para o lúpus, podem incluir drogas imunossupressora.

O trabalho do Dr. Tyler Curiel com a molécula B7H1 significaria um tratamento muito direcionado.

“Na prancheta de desenho, parece que você pode fazer isso, vamos ver”, disse Dr. Tyler Curiel.

Pesquisadores da Universidade do Texas Health Science Center dizem que nos próximos 18 meses, eles devem ser capazes de começar a projetar maneiras específicas para tratar os pacientes.

Vamos esperar pra ver!  Dedos cruzados!

 

Anúncios

4 thoughts on “Na busca por um novo tratamento no Lúpus

  1. isso e muito importante a descoberta do lupus gostaria de saber se esse remedio contra a lupus da esta no brasil sofro muito c a lupus … me da uma dica por favor…

  2. Por favor me ajudem nao aguento mais viver com dores minha vondade e de acabar com minha vida tomo corticoiodes. E reuquinol mais vivo com dor todo momento nao suporto mais me ajudem por favor

    • Oi Elaine. Sinto muito em saber que está se sentindo dessa forma… Você conversou com seu médico sobre essas dores? Ele pode fazer um ajuste no corticoide, ou ainda propor um outro medicamento. É interessante também você procurar um psicólogo. O psicólogo é muito importante em nosso tratamento também. As vezes é difícil, eu entendo… Mas não desista… Temos nossos períodos de tristeza, crises, mas tenha certeza que dias melhores virão. Suas dores passarão e você terá uma vida mais tranquila. Um beijo grande!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s