Medos compartilhados

Quando a gente se depara com uma doença crônica, sem cura, passam muitos medos em nossa cabeça. Muitos desses medos nós guardamos para nós mesmas, como se, por algum motivo, falarmos em voz alta, eles possam se tornar realidade.

Apesar de ter passado por muita coisa, por muitas dores (muitas dores!), nunca cheguei a ser hospitalizada, nem tive nada muito mais sério, mas o medo de que isso aconteça é diário. Com o passar dos anos, o medo de ter algo que me deixe com sequelas ou ainda que eu venha a morrer devido a complicações da doença é grande. Tenho medo de cair em depressão. O medo de perder a capacidade de pensar, de articular minhas ideias, e esquecer das coisas, também é imenso.

Hoje, dando uma olhada em alguns artigos na internet, encontrei um que trata justamente disso. No artigo a autora fala dos seus medos e que chegou a compartilhar com o seu marido, que tinha os mesmos medos que ela. Meu marido é mais que um marido, é meu melhor amigo, que está ao meu lado desde sempre! Estamos juntos há mais de 20 anos! Somos namoradinhos de escola, começamos a namorar quando eu tinha 16 anos, e ele passou por tudo comigo, desde o diagnóstico até hoje.

Lendo o artigo me emocionei bastante porque muitas vezes pensamos só nos nossos medos, e esquecemos dos medos daqueles que estão ao nosso lado, nosso marido, namorado, mãe, pai, irmãos… Os medos deles são os mesmos que os nossos. Sei que às vezes não conseguem entender o que se passa, mas eles sofrem com o nosso sofrimento.

Abaixo está a tradução de partes do artigo que estou falando! O texto, original em inglês, está aqui.

“Recentemente eu escrevi um post sobre os meus medos, que incluíam morrer, hospitais/emergência, sofrimento persistente, remédios, estar sozinha e depressão. Depois compartilhei meus seis medos com meu marido. Quando ele me perguntou porque eu tinha medo de depressão, eu descobri que eu não conseguiria resumir ou ler em voz alta o que eu tinha escrito. Era muito difícil e real para mim articular. Eu falei então para ele ler o que eu tinha escrito para poder entender.

O que aconteceu depois de sua leitura foi inesperado.

Depois de me dar um forte abraço de consolo e compreensão, ele me surpreendeu com uma revelação. Ele me disse, “Eu entendo porque estes são os meus medos também.” Eu fiquei confusa.

“Você tem medo das mesmas coisas?” Perguntei com espanto. Eu sabia que não era a única a sentir medo, mas para ele me falar que ele sentia o mesmo que eu, foi extremamente esclarecedor. Claro que a maneira como ele sente esses medos é diferente da maneira como eu sinto, mas são os mesmos medos.

Ele se assustou com os meus três primeiros medos, pelas mesmas razões. Eu morrendo, hospitais e estar sofrendo persistentemente, o impactou de forma direta só em pensar em meu sofrimento.

Ele não é um homem muito emotivo, mas ficou claro para mim que isto o afetou fortemente. Eu sei que ele iria até o fim do mundo se isso fosse o necessário para que eu não passasse por nada disso.

forehead kissing

Por mais estranho que pareça, escutar seus medos me consolou bastante. Falei pra ele antes que ele não devia esconder suas preocupações e que conhecer seus medos me ajuda a não me sentir tão sozinha, ao contrário de diminuir minha força emocional. Sua sinceridade sobre seus sentimentos e medos me ajudou a me apoiar nele e ele em mim. Juntos somos mais fortes do que tentar lutar contra essas coisas sozinhos. Sou muito agradecida e abençoada de tê-lo como meu marido, minha alma gêmea, e minha maior fonte de apoio, consolo e amor.

Para todos os cuidadores por aí, especialmente os cônjuges, um profundo e sincero agradecimento.”

Bjos!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s