Vendo cores em dias cinzentos

Sabe aquele dia em que você acorda e a única vontade que tem é de voltar para a cama? Acredito que todo mundo passa por dias cinzentos. Aqueles dias em que você não tem vontade de fazer nada, não quer falar com ninguém, quer apenas ficar no seu cantinho.

Quem tem lúpus é comum passar por dias assim. É comum nos sentirmos deprimidas. Nossa rotina pode mudar rapidamente e planos que fizemos para o fim de semana muitas vezes podem não acontecer, muitas vezes devido a dores, fadiga, que são tão comuns ao lúpus. Então nada mais compreensível termos dias assim.

cor

Nunca questionei ‘porquê eu’, nunca me fiz de vítima ou refém do lúpus. Sempre tento ver o lado bom das coisas, mas confesso que tem dias que nada faz sentido, e aquela vontade de ficar em posição fetal em um quarto escuro toma conta. Em dias assim, costumo fazer algumas coisas para mudar esse clima. E aqui vão algumas dicas.

Gostaria de ressaltar que essas dicas são minhas. Não há nenhuma evidência médica. Apenas são coisas que faço para melhorar o meu dia! É importante também ressaltar que o acompanhamento psicológico para o lúpus é tão importante quanto a medicação do dia a dia. Converse com o seu médico!

Bom aqui estão as dicas!

1. Rir é o melhor remédio. Procure um filme de comédia ou aqueles programas de comédia na TV, bem água com açúcar. Sou daquelas que se gosto de um filme ou programa, pode passar 1000 vezes que eu assisto novamente, e dou risada como se estivesse assistindo pela primeira vez.
2. Converse com seus amigos. Chame seus amigos para um café, ou ligue para aquela sua amiga e fofoque! Não tem coisa melhor.
3. Procure um hobby. Algo que você gosta. Pode ser pintar, escrever, tirar fotos, você pode se surpreender e quem sabe encontrar algo que nunca imaginou que gostaria tanto.
3. Leia um bom livro. O livro te leva a lugares que só a imaginação é capaz!
4. Procure algo que te conforte. Pode ser uma meditação, ou a fé. Não importa a religião, tenha um horário para se “desligar” do mundo e conecte-se com sua própria fé.

Sei que é muito difícil passar por dias assim, mas vamos achar cores para colorir nossa vida! Se hoje o dia está difícil, não se isole, não fique no seu cantinho. Converse, faça algo que gosta, procure ajuda e vamos tentar ser mais felizes!

Um beijo enorme para todas as lúpicas neste dia de hoje! Somos mais que guerreiras!

Anúncios

3 thoughts on “Vendo cores em dias cinzentos

  1. Boa tarde!

    Me chamo Joan Batista e estava na internet pesquisando sobre lúpus e encontrei seu blog. Bem, qual o motivo de está pesquisando sobre isso em plena sexta-feira da paixão? É que, no verão de 2011, apareceram em meu corpo caroços avermelhados que, conforme eu os coçava, mais eles se desenvolviam. Cheguei ao ponto de fazer biópsia para saber o que significavam aquelas erupções em várias regiões do meu corpo. O diagnóstico foi bem evasivo: dermatite de contato / psoríase. Fui a uma dermatologista e usei a medicação que ela recomendou. Com a continuação do tratamento, melhorei e dei o assunto por encerrado, crendo ter sofrido um processo alérgico devido ao contato com alguma substância, muito provavelmente, a gasolina – pois, trabalho em um posto de combustíveis. Ocorre que, em outubro de 2013, iniciou-se outro processo alérgico, novamente com o aparecimento de caroços avermelhados pelo corpo, e com muita coceira, que perdura até hoje. Voltei a usar a pomada recomendada pela dermatologista -dipropionato de betametasona -, mas não obtive o mesmo êxito. Então, após alguns meses da persistência do pruído, voltei à dermatologista e ela me medicou com: novacorte pomada, hixizine, predsin. Bom, com o uso desses medicamentos a evolução dos caroços estacionaram e alguns até regrediram. No entanto, minha pele ficou manchada e, um ou outro caroço, teima em resurgir no mesmo local do anterior. Tenho continuado por minha conta o uso da pomada e de períodos em períodos volto a ingerir comprimidos de predsin. E foi essa demora na cura que me trouxe à internet, além de eu achar que existe um componente nesse processo alérgico que não está sendo considerado pela médica, qual seja, o fator emocional. Tendo em vista que, tanto em 2011, quanto agora, tenho notado que os caroços aparecem justamente em períodos de elevado stress. Assim é que, após fazer algumas leituras sobre o lúpus, tendo a crer que sou portador da doença, num nível bem moderado, é verdade. Claro, sei que é uma mera suposição, pois não sou médico. Também sinto dores abdominais, notadamente, ao acordar e nas pernas. Desse modo, escrevo na tentativa de obter sua ajuda, principalmente no sentido de me orientar qual médico devo procurar, se um dermatologista ou um reumatologista!? Qual tipo de exame devo procurar fazer, etc… Se for possível, gostaria muito do seu auxílio. Desde já, agradeço sua atenção e presteza.
    Boa Páscoa e bom feriado!

    Sds.

    Joan Batista

    • Oi Joan Batista! Muito obrigada por compartilhar sua história. Sei o quanto é difícil e angustiante essa dúvida, essa demora no diagnóstico. Como você pode perceber o lúpus é uma doença que se parece com muitas doenças, pois são vários sintomas similares a diversas condições. Não posso te dizer com certeza que é lúpus o que você tem. Mas se você sente mais de um destes sintomas abaixo, eu aconselho uma visita ao reumatologista:

      – Cansaço e dor articular;
      – Dor muscular e sensação de fraqueza.
      – Perda de peso – ocorre de forma não intencional e geralmente está associada à perda do apetite.
      – Febre.
      – Vermelhidão no rosto em forma de borboleta (bochechas e nariz).
      – Fotossensibilidade. Se você se queima facilmente quando exposto ao sol, com queimaduras consideráveis, é considerado fotossensibilidade.

      Espero ter ajudado de alguma forma!

      Uma ótima páscoa para você também!

      Abraços,

      Patrícia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s