Perguntas e Respostas sobre o Lúpus

Hoje o Lupus Foundation of America, divulgou uma entrevista com a Dra. Jinoos Yazdany, reumatologista, co-presidente do American College of Reumathology em seu site.

Image

Segue abaixo a entrevista:

O lúpus é uma doença auto-imune que pode afetar qualquer parte do corpo, inclusive órgãos internos, a pele e articulações. Ele também tem muitos sintomas diferentes, e, por isso, afeta cada pessoa de forma diferente. Devido à sua natureza imprevisível, pessoas com lúpus normalmente têm muitas dúvidas sobre a doença. Para maio, Dra. Jinoos Yazdany respondeu as suas perguntas sobre qualquer aspecto do lúpus.

1. Qual é a maneira mais simples para explicar o que o lúpus é e não é? 
Lúpus é uma doença em que o sistema imunológico não funciona corretamente e ataca os tecidos normais e saudáveis. Isto pode resultar em inflamação e sintomas em todo o corpo, incluindo a pele, articulações, sangue, rins, e coração.
Lupus não é contagioso e não é uma forma de câncer. É uma doença auto-imune, tal como a diabetes tipo 1, tiroidite, psoríase e artrite reumatóide.
2. O Lúpus é verdadeiramente uma doença de mulher e se assim porquê? Por que alguns homens desenvolvem esta doença e outros não? 
Este é um dos equívocos mais comuns sobre o lúpus. Embora o lúpus seja muito mais comum em mulheres, os homens também podem desenvolver lúpus. Em adultos, a cerca de nove em cada 10 casos de lúpus ocorrem em mulheres. Mas isto significa que 10% dos casos de lúpus ocorrem em homens. A diferença que vemos entre homens e mulheres na prevalência de lúpus nem sempre é porque que os homens não procuram ajuda médica. Na verdade, mesmo em crianças, vemos que as meninas são mais propensas a desenvolver lúpus do que os meninos.
Nós não entendemos ainda o que causa lúpus, embora suspeitamos que os genes desempenham um papel importante. No entanto, os genes não são toda a história, e evidência recente mostra que os fatores ambientais, por exemplo tabagismo, pode aumentar o risco de lúpus. Tanto homens como mulheres podem desenvolver lúpus por causa de uma combinação de fatores de riscos genéticos e ambientais. Como as mulheres possuem um maior risco de desenvolver o lúpus, alguns pesquisadores acreditam que hormônios, ou possuindo dois cromossomos X, também possam aumentar o risco em mulheres.
3. O que exatamente significa taxas limítrofes de lupus? Quanto tempo estas taxas limítrofes podem permanecer? 
Os médicos podem, por vezes, usar a frase taxas limítrofes de lupus “lupus borderline” quando os pacientes têm alguns sintomas ou exames de sangue que possam sugerir lúpus, mas não o suficiente para fazer um diagnóstico certo. Isto ocorre porque resultados positivos de exames de sangue que usamos na avaliação do lúpus, tais como o anticorpo anti-nuclear (ANA), podem ocorrer em pessoas sem a doença. Além disso, alguns dos sintomas de lúpus, tais como dores nas articulações, podem ocorrer a partir de uma variedade de coisas e não são específicos para o lúpus. Os médicos, portanto, devem procurar uma combinação de critérios a partir do seu exame de sangue, a história clínica e exame físico para fazer um diagnóstico.
Os critérios mais utilizados foram estabelecidos pelo Colégio Americano de Reumatologia. Se um paciente possui 4 ou mais dos 11 critérios, em seguida, um diagnóstico de lúpus é provável. Às vezes, se um paciente possui menos do que o número necessário, o médico pode designar este com um termo como “lupus borderline”, “lupus incompleto”, ou doença “indiferenciada”. Quando isso ocorre, é importante continuar a acompanhar com o seu médico. Estudos sugerem que uma pequena percentagem de pessoas neste grupo “borderline” possam vir a desenvolver sintomas adicionais ou achados nos exames de sangue e, eventualmente, são diagnosticados com lúpus ou uma condição relacionada. Esta progressão geralmente ocorre nos primeiros cinco anos. No entanto, muitas pessoas nunca desenvolvem critérios adicionais.
4. O que exatamente constitui uma crise?  
Quando um sintoma de lúpus aparece, seja ele qual for, este é muitas vezes chamado de “flare” ou crise. Por exemplo, se alguém tiver uma nova erupção cutânea do lúpus, este é um “flare” de sua doença de pele.
Falamos sobre o conceito de crises no lúpus, porque para a maioria das pessoas, os sintomas e sinais da doença vêm e vão. A maioria das pessoas têm períodos em que eles se sentem bem e em seguida mal, quando a doença está mais ativa.
5. Quanto tempo uma pessoa pode viver com lúpus?
A maioria das pessoas com lúpus, de fato 80-90% delas, têm uma expectativa de vida normal. Tratamentos modernos têm feito uma grande diferença, e ao longo das últimas décadas, temos visto que a sobrevivência para pessoas com lúpus tem aumentado drasticamente. O prognóstico, ou como as pessoas lidam com a doença no dia a dia, depende muito da gravidade do lúpus. Aqueles com doença mais branda tendem a ficar muito bem, enquanto que aqueles com envolvimento orgânico grave interno ainda podem morrer da doença, especialmente se eles não recebem o tratamento oportuno e adequado. Obter cuidados médicos apropriados, tomar medicamentos necessários, e um estilo de vida saudável são todas as coisas que as pessoas com lúpus podem fazer para permanecerem saudáveis.
Estas são algumas perguntas! Amanhã coloco outras perguntas que a Dra.Yazdany respondeu!
Abraços,
Patrícia
Anúncios

46 thoughts on “Perguntas e Respostas sobre o Lúpus

  1. Pessoal não esqueçam de uma coisa com certeza: Não abandonar seu médico estando a doença ativa ou não. Meu marido tem Lupus há 06 anos e todo mês estamos lá no consultorio do nosso querido Dr.Emiliano. Todos nós aqui em casa
    tratamos o Lups como uma pessoa normal. Meu marido joga. bola, faz hidro, etc
    O importante é não deixar a peteca cair e nem o médico deixar de visitar.
    Bjss a todos

    • Oi Denise! Essa é uma certeza absoluta! Foi uma das primeiras coisas que o meu médico falou e eu sempre falo aqui no blog duas coisas importantíssimas: a primeira é ter um controle médico, fazer os exames, tomar os remédios conforme recomendado e a outra é que tendo esta parte controlada a pessoa pode, e deverá, ter uma vida normal, como qualquer outra pessoa. Eu também faço tudo isso que o seu marido faz, exceto por jogar bola rs… Nunca deixei a peteca cair, sempre trabalhei fora, e vivi a minha vida como qualquer pessoa normal, com algumas poucas restrições claro. Fico muito feliz em receber comentários como este!
      Um abraço!
      Patrícia

      • É isso ai Patricia. Que bom podermos passar essa energia positiva para as pessoas com o mesmo problema.Bjsss no coração

    • Bom dia Joeth! Eu tive nefrite lúpica a alguns anos atrás e a primeira coisa a ser evitada é o sal. Além do sal, tenha muito cuidado com alimentos industrializados, pois contém muito sódio (sal). Tente manter uma alimentação mais saudável, sem refrigerantes, ou comidas com muitos aditivos, as industrializadas. O melhor seria fazer uma consulta com uma nutricionista para que possa te ajudar em uma alimentação balanceada e que não sobrecarregue seus rins! Um abraço!

  2. Boa noite, a alguns meses atras comecei a sentir muitas dores no corpo, uma canceira que parece que passei o dia todo agitada, além da sindrome de Raynaud que tenho alguns anos comecei a sentir dores nas juntas, joelhos, pernas, os cabelos caiam muito cheguei a ficar com uma região da cabeça completamente sem cabelo e uma febrinha chata que não passava de 38° gr mas acaba incomodando o corpo. Na epoca o medico foi pedindo exames e mais exames, até que ele decidiu repetir o hemograma, quando chegou ele mi passou alguns analgesicos, antibioticos e pediu uns exames, si mi recordo era algo haver com fum fom , algo assim e pediu com urgencia e disse que juntando os sintomas com algumas alteraçoes que deu nos exames podiam ser algumas doenças e entre elas citou o Lupus, Logo após esse epsodio perdi meu convenio médico, mas depois dos remedios as dores melhoraram muito muito mesmo até que passou depois de algumas semanas tomando os medicamentos e confesso que não fui mais ao médico pois achei que havia sarado e era um equivoco do médico citar aquelas doenças. Cerca de umas duas semana atras parece estar voltando tudo de novo,a febre, a fadiga, falta de apetite, as dores parecem que pioraram, a sindrome de Raynaud está pior meus pés nunca ficaram tão roxos nem tão doidos e apareceu uma coisa nova meus olhos além de ser dificil sair no sol ele parecem que tem algo neles, como um cilios ou um cisco eu olho e num tem nada e ai fico na base de lacrima plus que ajuda mais não acaba com o incomodo. Tenho uma consulta marcada com o clinico daqui a 10 dias e tenho medo de acontecer algo, tenho 2 filhos e preciso estar bem para cuidar deles, gostaria de saber si realmente ah alguma chance de ser Lupus e se devo a esperar essa consulta ou mi atrevo a procurar a emergencia pois estou um pouco preocupada tenho apenas 23 anos e filhos, marido, uma familia que precisa de mim. Meus parabéns pelo blog, pessoas que ficam perdidas como eu acham muito apoio e compreensão em blogs como o seu. Agradeço de coração e desculpe pelo tamanho do testo.

    • Oi Paula! Fico muito feliz em saber que o meu blog ajuda a esclarecer, trazer novidades sobre o lúpus! Apareça sempre, escreva sempre! Será um prazer!

      Bom, o lúpus é uma doença que se parece com várias outras. Apesar dos seus sintomas serem muito parecidos com o do lúpus, pode ser que você tenha o que chamam de Borderline Lúpus, ou seja, você apresenta alguns sintomas mas ainda não é considerado lúpus, ou ainda, ser uma condição totalmente diferente. Infelizmente não temos ainda um teste de laboratório específico para saber se uma pessoa tem ou não lúpus. O lúpus é diagnosticado com uma bateria de exames, como o FAN (fator anti-núcleo), que está presente em cerca de 99% dos casos de Lúpus, mas também em até 30% das pessoas normais. Alguns anticorpos são bastante específicos para Lúpus (anti-SM, anti-DNA dupla-fita, anti-P ribossomal) e, se presentes em concentrações significantes, lúpus é praticamente certo. Como isso não acontece muito freqüentemente (10 a 50% dos casos), o reumatologista tem que lidar com um quebra-cabeça de sintomas e exames para fechar o diagnóstico.

      Além dos exames de sangue, são levantados os sintomas como:

      Sintomas gerais
      •Fadiga
      •Febre
      •Dor muscular

      Sintomas na pele
      •Hiper-sensibilidade a luz (vermelhidão/ inflamação da pele nas partes expostas à luz, como rosto, colo. Responsável pela famosa lesão em “asa de borboleta”, nas maçãs do rosto e em volta dos olhos)
      •Outros tipos de lesões cutâneas (lúpus pérnio, livedo reticular, lúpus discóide, outros)
      •Perda de cabelo

      Sintomas por acometimento articular
      •Artrite (dor, calor, inchaço nas juntas)
      •Rigidez matinal (sensação de “ferrugem” nas juntas pela manhã ou após inatividade prolongada que melhoram com movimentação)

      Sintomas por acometimento de Pulmão ou pleura
      •Dor ao respirar
      •Derrame na pleura
      •Falta de ar
      •Sangramento pulmonar

      Sintomas por acometimento de vasos
      •Fenômeno de Raynaud (mãos pálidas, roxas ou vermelhas, ou a progressão destas cores, com o frio. É presente em grande parte das pessoas normais)
      •Tromboses
      •Dor abdominal
      •Alterações visuais

      Sintomas por acometimento dos rins
      •Maioria das vezes “silencioso”. Exames de rotina apontam o acometimento.
      •Alterações no exame de urina (sangue, restos celulares, proteína)
      •Insuficiência renal

      Sintomas por acometimento nervoso
      •Dormências, formigamentos, disistesia (sensação ruim ao tato)
      •“Derrames” (acidentes vasculares cerebrais)
      •Fraqueza muscular
      •Convulsão
      •Quadros psiquiátricos (psicose, depressão)

      Sintomas por acometimento do sangue
      •Linfócitos, plaquetas ou glóbulos vermelhos baixos

      Outros sintomas
      •Aftas orais recorrentes
      •Abortos espontâneos

      É importante que você liste todos os seus sintomas para apresentar ao seu médico. O médico é peça fundamental no tratamento do lúpus, ou de qualquer outra doença. Se você estiver realmente se sentindo mal, com dores, vá na emergência. Às vezes achamos que é uma dor suportável, mas pode ser sintoma de alguma complicação, e é bom ver logo o que pode ser.

      Espero ter ajudado e te desejo muita sorte!

      Um grande beijo

      Patrícia

      • Agradeço pela atenção e irei procurar a emergência amanhã pois está um pouco dificil cuidar dos meus afazeres com as dores e a exaustão.
        Agradeço muito mesmo pela atenção e mais uma vez parabéns pelo Blog.
        Deus lhe abençoe.

  3. Apesar de ter tido sintomas a mais de 18 meses e somente há 2 meses diagnosticada pelo que tenho lido já entrei no meio da.doença. Hoje est ou péssima acho que devido o calor imenso que está fazendo na minha cidade. Tenho medo da medicação predenisona pois seu uso contínuo leva a leucemia. Isso é verdade?

    • Oi Wilma! Desculpa a demora em te responder, mas estes últimos meses foram difíceis e estava numa fadiga extrema, então não deu para atualizar nem responder minhas mensagens! Olha não é do meu conhecimento que a prednisona leva à leucemia, faço uso de corticóides há pelo menos 20 anos e não tive nada além dos seus efeitos colaterais esperados. Siga direitinho as recomendações do seu médico e tudo vai ficar bem! Um abraço!

  4. Olá, boa noite!
    Fui diagnosticada com LES há cinco anos, nunca tive nada sério, apenas uma vasculite, rash malar, manchas na pele e mal estar. Fiz o tratamento com Predsim e Reuquinol, esporadicamente alguns antibióticos. Consegui entrar em remissão, até consegui engravidar… Meu bebe é lindo e saudável.
    Infelizmente esse ano os sintomas voltaram com mais força, tenho muita dor nas articulações, há dias que não consigo nem levantar, tenho muita falta de ar e uma queda de cabelo considerável. Não sei se tem a ver com LES mas frequentemente apresento quadros de urticária e de angiodema… Não tenho mais convênio e aqui no sus não existe reumatologia… Sempre que estou ruim, uso corticoides intra venoso… Não sei mais o que faço… Meu FAN deu 1/80 o último. Sem contar as dores …

    • Oi Silmara, sinto muito por estar se sentindo ruim novamente… O lúpus é realmente uma caixinha de surpresas, nunca sabemos quando ele irá atacar novamente, mas tenha esperanças de que ele voltará a dormir. É responsabilidade do Estado (União, Estados, Distrito Federal e Municípios) fornecer tratamento médico aos que dele necessitam, na forma que dispõem os artigos 196 da Constituição Federal que estabelece que a saúde é direito de todos e dever do Estado. Muitas pessoas tem entrado na justiça contra o município, Estado, para ter o direito de se consultar com o seu especialista, caso este não esteja disponível nas redes de saúde pública. Você tem esse direito, e deve exigir do seu Estado. Entre em contato com a associação de reumatologistas do seu estado para pedir uma orientação quanto à como entrar na justiça para que se garanta o seu atendimento, ou ainda, procure a OAB na sua cidade, você consegue atendimento gratuito de um advogado, e eles podem te ajudar. Você não pode, e não deve, ficar sem tratamento. Boa sorte e um grande beijo

  5. Por favor me tirem uma dúvida…

    Quase todos os dias desde agosto de 2014 eu sinto meus músculos doloridos e muitas vezes afeta minha locomoção de maneira surpreendente, tem períodos do dia que eu estou bem,mais de tarde/noite as dores voltam. Além disso sinto minha pele arder muito,mais não fica lesão e percebi recentemente umas erupções no meus braços pernas e até cabeça.
    O fato é que eu estou passei com dermato,Alergista e endócrino,mais ninguém sabe o que eu tenho.

    Alguém aqui pode me ajudar e ter uma direção?

    Sou grato pelas postagem, são muito interessantes!!

    • Oi William, boa noite! Peço desculpas pela demora, mas o lúpus as vezes me deixa muito cansada ao ponto de não conseguir manter atualizado este blog. Bom, você não se trata com um reumatologista? Ele poderá esclarecer o que está ocorrendo para que você esteja sentindo estas dores musculares, e até erupções. Podem ser efeitos colaterais de algum medicamento, mas somente o médico poderá lhe dizer o que pode ser. Eu já tive muitas dores musculares, que foram devido ao uso contínudo de altas doses de corticóide, mas não posso dizer que o mesmo esteja ocorrendo com você. Bom, espero que esteja melhor! Um abraço, Patrícia

  6. Boa tarde
    Minha mãe consultou uma alergista devido á alguns alimentos que ela consome e causa inchaço na garganta (cenoura, beterraba) os exames deram negativo para alergia, as imunoglobulinas Iga, Igm e Igg tbm estão todas normais. Mas o médico pediu um exame que eu não tinha idéia sobre o que se tratava o FAN o resultado foi:
    Padrão nuclear: negativo
    Padrão Nucleolar: Reagente
    Padrão citoplásmatico: negativo
    Padrão aparelho mitótico: negativo
    Placa cromossômica metafásica: Negativo
    Conclusão: Padrão nucleolar homogenio título 1:160

    o que isso significa??

    estou muito aflita

    Obrigada

    • Bom dia Bruna! Olha, o FAN positivo geralmente indica uma doença autoimune, porém, muitas vezes pode ser um falso-positivo. O médico da sua mãe irá avaliar esse exame, juntamente com outros que possivelmente ele passou ou passará, e também realizará uma avaliação dos sintomas dela. Converse com o médico, não deixe nenhum sintoma de fora. às vezes menosprezamos os nossos sintomas, e podem ser chave para o diagnóstico. Um abraço e boa recuperação para sua mãe!

  7. Bom dia, tenho outra dúvida relacionado aos exames da minha mãe, saiu o resultado de outro exame o Complemento hemólitico total ch50 deu normal:
    Resultado: 124 U CAE
    Valores de referência: Normal 60 a 144 U CAE
    Baixo 144 U CAE

    Pra que serve esse exame? se ele deu normal e o FAN deu reagente para o padrão nucleolar tem algum significado?

    Obrigada

  8. Boa noite nao sei o que eu tenho meu medico ainda nao conseguiu fechar um diagnostico ele esta entre o lupus e a ulticaria com hipo complemento meu exame fan deu negativo e nao apresento sinal de vermelhidao nas bochechas mais sinto dores articulares maos roxeadas no frio coseiras com inchaços locais as vezes incham tambem os meus labios e meus olhos coceiras na sola dos pes que ficam vermelhos e bem quentes a doutora tem ideia do que possa ser?me de a sua opniao por favor obrigada

    • Oi Mônica, tudo bem? Primeiramente gostaria de esclarecer que não sou médica, sou uma pessoa que tem lúpus. Criei este blog para divulgar notícias, informações e até algumas experiências próprias. Sempre gosto de dizer que o que escrevo não é receita médica, que todas as informações pertinentes ao quadro de saúde deve ser tratado exclusivamente com o médico. Até porque o que aconteceu ou acontece comigo, não será igual ao que acontece com outra pessoa. Não tenho como te ajudar com relação a um diagnóstico, e não passei por nada parecido para dizer como ocorreu comigo. Converse com o seu médico, tenho certeza que ele te ajudará! Um grande beijo e boa sorte! 🙂

    • Oi Angela, tudo bem? Olha, somente o médico poderá afirmar sobre o risco ou não com relação ao quadro da sua sobrinha. O médico é o nosso melhor conselheiro! Ele analisará o quadro clínico dela, bem como os exames e fará o diagnóstico correto juntamente com um tratatamento mais adequado. Um beijo grande e espero que sua sobrinha esteja boa logo! :*

  9. Olá, tenho 15 anos e estou um pouco preocupada. Ano passado minha cunhada percebeu que constantemente eu tinha uma leve mancha de borboleta no meu rosto, e ela resolveu pedir um exame do FAN, ok, o exame deu positivo mas no limite. Demorei um pouco para ir ao médico por questões pessoais e a partir disso começaram a surgir diversos sintomas, alguns eu comecei a perceber q já os tinha fazia algum tempinho, dentre eles: fenômeno de raynaud, constantes dores no corpo, etc e o que mais me incomodou, manchas idênticas a de lupus, e elas começaram a se espalhar. Ok esse ano fui ao médico e ele pediu os exames novamente, somente o fan deu positivo de novo só que misto e diferente, porém ainda dentro do limite, meu médico disse que não era lúpus. Só que percebi agora que todos esses sintomas só vem piorando, meu rosto queima várias vezes e começa a arder, as manchas continuam a aparecer e deixar cicatrizes e meus machucados demoram mais de meses para cicatrizar e sempre inflamam. Estou preocupada, a possibilidade de ser lupus realmente é nula?

    • Oi Bruna, tudo bem? O lúpus se parece com muitas outras doenças. O diagnóstico realmente é demorado às vezes, por essa questão de se parecer com outras doenças. Provavelmente o seu médico pediu para que você retornasse depois de um tempo para repetir os exames. Se estiver sentindo dor, não deixe de ir ao médico, explique tudo o que está sentindo, e fale da suspeita do lúpus. Assim fica mais fácil para o médico decidir quais exames deverá solicitar. Espero que esteja melhor! Um grande beijo!

    • Oi Natielle! Não existe um limite de idade para pessoas com lúpus! Pessoas com lúpus podem e vivem uma vida como uma pessoa normal. Apenas tem que tomar os cuidados necessários, tomar as medicações prescritas pelo médico, não deixar de visitar o médico, etc.

  10. Ola tenho 16 anos e descobri que tenho lúpus aos 7 anos de idade , hoje estou muito bem , vivo como uma pessoa normal, faço tratamentos diários e sigo minha vida normal mas sempre com muitos cuidados , as vezes quero agir como uma pessoa que nao tem nenhum tipo de doença como o lúpus que até esqueço que a tenho , seguindo as normas , cuidados do medico a doença nao afeta em nada na sua vida , muitas pessoas nem acreditam quando digo que tenho essa doença por eu ser tao normal nao ter nenhum sintoma grave que me afete e viver minha vida tranquilamente como todo mundo,as vezes ate abuso um pouco , essa doença é um pouco delicada e ocorre um certo risco por isso exige tanto cuidado mas sou tranquila tenho piercing , alargadores e estou querendo fazer algumas tattoo , mas confesso que estou com um pouco de medo … Mas de mais é só tomar cuidado e seguir o tratamento . obg essas perguntas e respostas ajudaram bastante em algumas dúvidas que eu tinha .Quem se interessou pela minha historia se quiser saber mais sobre ela como eu descobri e tudo mais só entra em contato pelo e-mail um abraço a todos 😊

  11. Boa noite… Fui diagnosticada com lúpus a uns 8 anos. Faço tratamento durante todo esse tempo e meu médico me receitou um medicamento injetável que, finalmente, depois de um ano de espera, consegui pela justiça, pois tem o preço mt elevado, chamada Benlysta, que foi liberada no Brasil, em 2013.
    Enfim, antes de fazer a infusão da mesma, como já passei por uma experiência mt ruim com isso, gostaria de ver um depoimento de alguém que já tenha tomado aqui no Brasil. Se há alguém por aqui, por favor me fale se houve alguma reação, se foi um procedimento tranquilo… Desde já agradeço!

    • Oi Sarah! Desculpe mas ainda não tive essa experiência. Mas conheço algumas pessoas que estão passando pelo tratamento e estão se sentindo muito bem! É uma droga nova que foi desenvolvida especialmente para o lúpus! Desejo toda sorte no mundo em seu tratamento! Bjos

  12. Oi gente a minha dúvida é quanto aos meus cabelos são muito volumosos, e antes eu fazia progressiva, agora tenho medo o meu lúpus está controlado nunca tive queda de cabelo, mas com a juba do jeito que tá fico com minha auto-estima lá em baixo, pois fico sempre com o mesmo penteado, falei com o meu reumato ele falou vc tá tão bem é bom não abusar, estou pensando em consultar um dermatologista.

  13. Gostaria de uma ajuda, minha filha tem 6 anos pesa 18km e não cresceu muito , o cabelo dela não tem brilho e não cresce é bem ralinho, se passar a mão sai cachinhos nas mãos, o dente dela caiu e demora muito para nascer, ela sente dores nos braços e pernas. Será se ela tem lúpus? Estou preocupada.

    • Oi Luciente, somente um médico será capaz de diagnosticar… O lúpus possui muitos sintomas, e o seu diagnóstico muito difícil por se parecer com muitas outras doenças. Espero que sua filha esteja melhor! Um grande beijo para as duas!

  14. Boa tarde, cheguei so blog pot pesquisas sobre essa doença…gostaria de saber se é possivel o diagnostico de lupus com um FAN positivo para núcleo pontilhado fino senso 1/320 e placa cromossomica reagente? Pois li que esse resultado é indeterminado. So gostaria de saber se é possível. Pois infelizmente tenho muitos sintomas a muitos anos, que ficaram sem diagnostico mas recentemente tive uma hepatite aguda, foi descartado hepatites virais a, b, c, hiv, mononucleose e entre outras doenças e na investigação da causa surgiu esse FAN.

  15. Tive atrite reumatoide agora o médico disse que estou com lúpus mais os medicamentos mim deixa iritada com dor de cabeça sem sono sem fome fico com muita fraqueza Aí eu fico se mm tomar o remédio ai fico bem oque faser obrigada

  16. Olá, minha vó tem uma vida normal e inclusive é muito ativa faz atividades físicas no grupo da terceira idade,teve 6 filhos … foi ao médico de rotina agora aos 60 anos e ele diagnosticou que ela tinha lúpus! Sendo que durante toda a vida não teve sintomas de que teria a doença,hoje tem como sintomas algumas manchas avermelhadas e o foram feitos vários tipos de exames inclusive biopsia… tenho uma amiga que tem sei bem como é quando ela teve em crise em uma fase avançada da doença hoje em dia ela vive normalmente já teve filhos também, porem tem que manter o controle, a minha pergunta é seria possível minha vó ter essa doença desde cedo e nunca ter desenvolvida? Ou é possível contrair a doença aos 60 anos?

    • Oi Mirian! O lúpus é mais comum em mulheres na fase reprodutiva, mas pode aparecer em qualquer idade. Infelizmente ainda não se tem uma definição do porquê ou como surge o lúpus, isso ainda é um mistério.

    • Oi Irene! Depende muito de como você está. Se estiver em crise o exercício não é recomendado. No meu caso o meu médico indicou exercícios de baixo impacto como natação, hidroginástica, caminhada, pilates…

    • Quanto mais saudável for a nossa alimentação será melhor para o nosso corpo. Antes de consumir álcool se certifique com o seu médico, pois pode haver interação com o medicamento que está utilizando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s