Quem tem medo do lobo?

Quando você se depara com um diagnóstico de uma doença sem cura, o medo faz parte do nosso dia a dia. Ainda mais quando esta doença é considerada uma doença rara, que pode envolver diversos órgãos.

Tive muito medo, fiquei assustada com o que poderia acontecer comigo, li coisas que me assustaram mais ainda. Foi muito importante o apoio da minha família e amigos, e além disso tive um acompanhamento psicológico que também foi muito importante. Afinal, tinha 18 anos, uma vida inteira pela frente, e até aquele momento eu não sabia como seria o dia de amanhã.

Tive a oportunidade de visitar um médico especialista em São Paulo, Dr. Zerbini, e ele me disse uma coisa que eu nunca esqueci: “Você é uma pessoa normal, vá viver sua vida normalmente! Apenas com alguns cuidados que muita gente deveria tomar também!”

Os cuidados que devemos tomar é ter cuidado com o sol, tomar os remédios, seguir as orientações médicas. Fora isso vivo a minha vida normalmente, trabalho, viajo, saio com amigos e nunca deixei de fazer o que queria!

Eu hoje não tenho mais medo desse lobo!

Você sabia?

O termo lúpus (lobo em latim) é atribuída ao médico Rogerius no século XIII que usou para descrever erosiva lesões faciais que lembram uma mordida de lobo. As descrições clássicas das características dermatológicas diversas de lúpus que foram feitas por Thomas Bateman, um estudante do  dermatologista britânico Robert William, no início do século XIX; As lesões de agora referidos como lúpus discóide foi descrito em 1833 por Cazenave sob o termo “centrífugo eritema”, enquanto a distribuição de borboleta da erupção facial foi observado por von Hebra em 1846. As ilustrações publicadas pela primeira vez do lúpus eritematoso foram incluídas no texto de von Hebra, o Atlas de Doenças da Pele, publicado em 1856. (Lupus Foundation)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s